18:45 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Militantes do Daesh

    Terrorista do Daesh ameaça atacar o Brasil

    © AP Photo / AP Photo via militant website, File
    Mundo
    URL curta
    41418

    O terrorista francês Maxime Hauchard, que faz parte do comando de decapitadores da organização extremista Daesh, ameaçou realizar um ataque ao Brasil, segundo informou Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

    Embora a ameça tenha sido feita em novembro, só agora as autoridades brasileiras confirmaram a autenticidade da publicação, divulgada através do Twitter pessoal do jihadista poucos dias depois do atentado que provocou a morte de 129 pessoas na França, com os dizeres "Brasil, vocês são nosso próximo alvo. Podemos atacar esse país de merda”. 

    “Monitoramos e percebemos que o perfil realmente era do Maxime, um dos líderes do Estado Islâmico. A partir do momento da postagem houve uma maior intensidade nos discursos de agressividade dos autoproclamados seguidores do grupo terrorista no Brasil”, disse na última quarta-feira o diretor de Contraterrorismo da Abin, Luiz Alberto Sallaberry, em participação na Feira Internacional de Segurança, que está sendo realizada no Rio de Janeiro.

    De acordo com o diretor, Hauchard, um jovem de apenas 22 anos, é uma espécie de garoto-propaganda do Daesh. Ele teria deixado o seu país há quatro anos para se juntar aos terroristas na Síria. 

    "Ele é o segundo na linha de comando de decapitadores e gosta de dizer que estar no grupo 'é como estar no Éden'", afirmou. 

    Segundo Sallaberry, hoje há um número cada vez maior de pessoas no Brasil prometendo fidelidade ao grupo terrorista. A principal preocupação são os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro, em agosto e setembro, quando o país receberá um contingente de milhares de pessoas de todas as partes do mundo. Para prevenir ataques, a agência de inteligência vem monitorando constantemente atividades suspeitas nas redes sociais, intensificou cursos de segurança com trabalhadores do setor de turismo, taxistas e serviços em geral e está cooperando com forças estrangeiras e nacionais.

    Mais:

    Revezamento da Tocha Olímpica inicia maior operação de segurança do Brasil
    Brasil tem a cooperação de outros países para a segurança dos Jogos do Rio 2016
    Tags:
    ataque, terrorista, terrorismo, Jogos Paralímpicos, Jogos Olímpicos, Daesh, Twitter, Luiz Alberto Sallaberry, Maxime Hauchard, Síria, França, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik