05:08 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Casa Branca à noite

    Maduro: EUA estão 'desesperados' por um golpe de Estado na Venezuela

    © AFP 2018 / SAUL LOEB
    Mundo
    URL curta
    552

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que os EUA estão "desesperados" por um golpe de Estado contra o seu governo e acusou Washington de usar a imprensa norte-americana para pedir uma intervenção estrangeira na Venezuela.

    "Que razões têm esse império decadente e imoral para que um dos jornais que sempre tem servido como impulsionador de golpes de Estado hoje apele a uma intervenção na Venezuela?", disse Maduro em cerimônia realizada em Caracas nesta quarta-feira (13). 

    Segundo relata a Agência Brasil, o presidente se referia ao editorial publicado na véspera pelo jornal The Washington Post, que insistia na urgência de uma “intervenção política estrangeira” na Venezuela para “preservar a democracia” na região. "A Venezuela precisa desesperadamente de intervenção política dos [países] vizinhos, que têm um mecanismo pronto na Organização dos Estados Americanos [OEA], a Carta Democrática Interamericana – tratado que prevê ação coletiva quando um regime viola as normas constitucionais", escreveu o jornal.

    "Condeno e refuto todas as ameaças que se fazem desde Washington contra a Venezuela", afirmou Maduro, acrescentando que as Forças Armadas foram instruídas a analisar e atualizar todos os planos de defesa nacional do país latino-americano, a fim de combater a “conspiração golpista" dirigida pelos EUA.

    Ainda segundo Maduro, o presidente norte-americano Barack Obama "revelou as suas verdadeiras intenções" ao pedir a substituição do governo venezuelano.

    "Pela primeira vez, um presidente dos EUA, em tempo de revolução, pede publicamente a 'substituição imediata' do governo constitucional e legítimo da Venezuela", observou o líder chavista, conclamando seus concidadãos a "levantar a voz da dignidade e a condenar a ingerência golpista do governo dos EUA em assuntos que dizem respeito só aos venezuelanos".

    Mais:

    Opinião: Inaceitável o ato de Obama que considera Venezuela ‘ameaça à segurança dos EUA’
    Venezuela retira embaixador dos EUA
    Venezuelanos saem às ruas contra aprovação da Lei de Anistia, que julgam golpe de Estado
    América Latina se levanta contra golpe articulado no Brasil por interesses estrangeiros
    Tags:
    intervenção estrangeira, editorial, governo, desesperados, golpe de Estado, golpe, golpista, conspiração, Washington Post, Organização dos Estados Americanos (OEA), Barack Obama, Nicolas Maduro, EUA, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik