11:34 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    30811
    Nos siga no

    Vigilantes voluntários búlgaros que fazem parte de uma organização nacionalista amarraram imigrantes afegãos na fronteira do país e disseram que eles tinham voltar para a Turquia.

    O grupo, que está sendo conhecido como ‘caçadores de imigrantes’, parou três homens afegãos que atravessavam a fronteira da Bulgária e os violentaram amarrando seus braços e pernas, jogando-os ao chão. 

    Em vídeo publicado pela página do facebook ‘Waterford Against Racism’, os imigrantes aparecem amarrados ao chão enquanto enquanto ouvem frases como “volte para a Turquia imediatamente” e “sem Bulgária para você” por parte dos nacionalistas. 

    Enquanto a ação foi severamente criticada por grupos de direitos humanos, o primeiro-ministro do país, Boyko Borisov, declarou que a ajuda dos cidadãos era bem-vinda.   

    Mais:

    Polônia rechaça imigrantes após atentados de Bruxelas
    Naufrágio perto da costa da Turquia deixa 18 imigrantes mortos
    França: porto de Calais é fechado após invasão de imigrantes
    Sérvia e Croácia impõem limites aos imigrantes
    Alemanha promete recompensa por identificação de imigrantes agressores
    Tags:
    imigrantes, nacionalismo, Turquia, Bulgária
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar