10:12 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Ex-secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton durante a audência na comissão especial pelo caso de Benghazi, 22 de outubro de 2015

    Hillary Clinton quer criar ministério para a imigração nos EUA

    © AFP 2019 / SAUL LOEB
    Mundo
    URL curta
    222

    A candidata presidencial dos EUA pelo Partido Democrata, Hillary Clinton, declarou que em caso de vitória nas eleições, pretende criar ministério para tratar da situação dos imigrantes.

    Durante encontro com ativistas pelos direitos dos imigrantes em Nova Iorque, Clinton informou que o novo órgão coordenaria as atividades das agências federais e autoridades locais sobre as questões referentes aos migrantes.

    “Esse problema afeta o Governo em todos os níveis", disse Clinton.

    Ela também destacou que este projeto é uma continuação dos esforços do presidente dos EUA, Barack Obama, sobre a questão dos migrantes e refugiados nos Estados Unidos.

    No final de 2015, o presidente dos EUA, Barack Obama, anunciou o lançamento de uma nova campanha pela qual cerca de 9 milhões de imigrante ilegais poderiam receber a cidadania norte-americana.

    A proposta visa angariar votos para os democratas em oposição à campanha do Republicano Donald Trump, que defendeu a construção de um muro entre o México e os EUA e a deportação de 11 milhões de latinos que ele estima viver ilegalmente em território norte-americano. O pré-candidato também usou imagens nazistas em sua propaganda política e disse que os imigrantes estariam “trazendo drogas, crimes” e que seriam “estupradores”.

    Mais:

    Opinião: Clinton deveria retirar sua candidatura após crítica sobre Putin
    'Hillary Clinton ajudou a fundar o Estado Islâmico', acusa ex-prefeito de NY
    Clinton promete aos eleitores: Sim ao dinheiro e à presença militar no estrangeiro
    Clinton tem saudades do botão 'reiniciar' EUA-Rússia
    Opinião: Bill Clinton tem razão em seu otimismo com o Brasil
    Tags:
    imigração, eleições, Donald Trump, Hillary Clinton, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar