13:35 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    13151
    Nos siga no

    A senadora do Estado de Nova York, Kirsten Gillibrand, e o ex-senador, Bob Graham, apelaram ao presidente Barack Obama para fazer uma parte do relatório sobre 9 de setembro de 2001 entrar em domínio público, escreve o jornal britânico Independent.

    O documento foi preparado em 2003 pela comissão do Congresso e contém mais de 800 páginas, mas as últimas 28 páginas foram classificadas.

    Na entrevista ao canal televisivo CBS, Bob Graham, que tinha sido co-presidente da comissão, alegou que os documentos continham provas de que altos funcionários da Arábia Saudita estavam diretamente envolvidos nos ataques de 9/11, e inclusive ajudaram os terroristas a se tornarem piloto.

    “Existem cada vez mais provas, não só nas 28 páginas, mas há também outras evidências que apontam para a participação saudita dos atentados de 11 de setembro”, disse Bob Graham ao FoxNews.

    Barack Obama já recebeu muitas vezes pedidos para passar a informação para o domínio público. Há dois anos, Graham perguntou ao presidente quanto tempo levaria para que essa decisão fosse feita. Graham diz que o presidente Obama disse "um ou dois meses".

    A senadora Kirsten Gillibrand opina que o presidente tem de fazer passar as 28 páginas ao domínio público antes da visita à Arábia Saudita agendada para 21 de abril.

    Riad oficial chamou a notícia da CBS de uma “compilação dos fatos”. A Casa Branca admitiu a necessidade de mais transparência mas notou que era necessário “proteger os dados classificados que têm a significância crítica para a segurança nacional”.

    Em 11 de setembro de 2001 terroristas que tinham ligações com a Al-Qaeda sequestraram quatro aeronaves comerciais que fizeram colidir contra o World Trade Center e o Pentágono, matando de cerca de 3 mil pessoas.

    O quarto avião que era dirigido ao Capitólio dos Estados Unidos caiu na Pensilvânia depois de os passageiros terem tentado retomar o controle da aeronave.

    Mais:

    Arábia Saudita é de novo absolvida no processo de 9/11
    9/11: Congresso está demasiadamente ocupado para revelar informação secreta
    Tags:
    atentado, Barack Obama, Arábia Saudita, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar