08:49 25 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Frank-Walter Steinmeier, ministro de Relações Exteriores da Alemanha

    G7 quer a Rússia de volta

    © AP Photo/
    Mundo
    URL curta
    1615

    O G7 pode negociar no próximo ano o regresso para o formato G8 e também as condições que a Rússia será obrigada a cumprir, declarou o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier.

    O ministro das Relações Exteriores da Alemanha frisou que não existe nenhum conflito internacional que possa ser resolvido sem a Rússia e manifestou a esperança de que, no futuro mais próximo, seja possível mudar o formato do G7 para G8.

    “Gostaria que o período do G7 não fosse muito longo, precisamos criar as condições para o regresso ao G8. Mas ainda não as temos”, disse o ministro, citado pelo jornal alemão Zeit.

    Steinmeier sublinhou mais uma vez que não há grandes conflitos internacionais que possam ser resolvidos sem a Rússia e também mencionou a participação ativa de Moscou  no processo da  regularização na Síria.

     “Dentro de um ano vamos ver se o papel da Rússia permanecerá assim construtivo e, nesse caso, os países membros de G7 discutirão quando será possível o seu regresso e as condições que será necessário cumprir para tal”, adicionou o ministro.

    O Grupo dos Sete países mais desenvolvidos foi alargado formalmente com a inclusão da Rússia em 1998. No entanto, a participação real do país neste grupo tinha começado mais cedo. Em 2014, no contexto dos acontecimentos na Crimeia, os representantes do grupo decidiram não participar de uma cúpula do G8 que estava marcada para Sochi (sul da Rússia) e, em vez disso, se juntaram em Bruxelas. Os membros do G7 declararam na altura que não iriam se reunir com a Rússia até que Moscou mudasse a sua politica em relação a Crimeia.

    Atualmente, os países membros do G7 são Alemanha, Estados Unidos, Canadá, Japão, França, Reino Unido e Itália.

    Mais:

    Ocidente tenta achar via de a Rússia retornar ao G8
    Ministro das Relações Exteriores alemão indica condições para Rússia voltar ao G8
    Kremlin: G8 e G7 são formatos ineficazes
    Tags:
    política externa, adesão, G8, G7, Frank-Walter Steinmeier, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik