18:58 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Unidade de artilharia armênia na cidade de Martakert em 3 de abril de 2016

    Repórteres da Sputnik ficam sob fogo em Nagorno-Karabakh

    © REUTERS/ Vahram Baghdasaryan/Photolure
    Mundo
    URL curta
    Conflito em Nagorno-Karabakh (26)
    61972112

    Jornalistas da Sputnik foram bombardeados na cidade de Martakert, em Nagorno-Karabakh, neste domingo.

    Correspondentes da Sputnik Armênia ficaram sob fogo em Nagorno-Karabakh diante de uma grande escalada da situação na região montanhosa que é disputada por Azerbaijão e Armênia. Os dois lados se acusam de violar o cessar-fogo que estava em vigor desde 1994.

    Várias explosões aconteceram quando os repórteres da Sputnik entraram no centro de Martakert. Ninguém ficou ferido, e os locais se esconderam em abrigos antibomba.

    Mais cedo, também neste domingo, um correspondente da Sputnik relatou que houve troca de fogo de artilharia entre as forças do Azerbaijão e da autoproclamada República de Nagorno-Karabakh (NKR).

    O conflito em Nagorno-Karabakh começou em 1988, quando a região autônoma buscou separação da República Socialista Soviética do Azerbaijão antes de proclamar independência, após o colapso da União Soviética em 1991. 

    Nagorno-Karabakh é uma região disputada no Sul do Cáucaso, que formalmente faz parte do Azerbaijão, mas populado principalmente por armênios. Na prática, o território é uma província com administração própria, mas sem reconhecimento da comunidade internacional.

    Tema:
    Conflito em Nagorno-Karabakh (26)

    Mais:

    Combates intensos continuam em Nagorno-Karabakh
    Presidente armênio diz que 18 soldados morreram em Nagorno-Karabakh
    Presidente do Azerbaijão promete solucionar conflito Nagorno-Karabakh pacificamente
    Bombardeios mútuos ocorrem na zona de Nagorno-Karabakh
    Tags:
    disputa territorial, bombardeios, violação, cessar-fogo, Sputnik, Nagorno-Karabakh, Azerbaijão, Armênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik