15:24 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Trabalhadores em meio de remover uma estátua gigante de Vladimir Lenin na cidade polonesa de Nowa Huta perto de Cracóvia. (Foto de arquivo. 11 de dezembro, 1989)

    500 monumentos soviéticos serão deslocados na Polônia

    © AP Photo /
    Mundo
    URL curta
    3517

    Funcionários poloneses prometem manter só os monumentos de sepulturas militares soviéticos.

    Ao mesmo tempo as autoridades prometem transferir os monumentos que foram abertos "em gratidão à União Soviética" aos museus como "as provas de tempos difíceis".

    O chefe do Instituto Nacional de Memória polonês, Lukasz Kaminski, declarou ao site onet.pl que no passado os monumentos soviéticos eram símbolos do "domínio do sistema comunista sobre a Polônia" e agora devem ser destruídos ou transferidos a museus.

    O respectivo projeto será dirigido às autoridades locais nas próximas semanas.

    "A manutenção deles [os monumentos] é a consequência das mudanças não acabadas na Polônia dos anos 1990. Isso foi um erro fatal que por muitos anos tem sido um pretexto usado na propaganda e provocações contra a nossa pátria," disse Kaminski.

    Segundo divulgou o site, trata-se de mais de 500 objetos que foram colocadas em lugares "em gratidão à União Soviética". De acordo com Kaminski, após o desmantelamento os monumentos serão transportados para museus.

    Ao mesmo tempo o governo polonês declara que os monumentos não serão destruídos, mas serão protegidos.

    Mesmo assim, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia mais cedo chamou a Polônia à pôr fim à "guerra contra monumentos". 

    Mais:

    Polônia rechaça imigrantes após atentados de Bruxelas
    Tags:
    monumentos históricos, Rússia, União Soviética, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik