16:19 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Rússia Vladimir Putin assiste aos testes do caça T-50 (foto de arquivo)

    Putin anuncia valor das exportações militares russas em 2015: 'superou expectativas'

    © Sputnik / Aleksei Druzhinin
    Mundo
    URL curta
    20232
    Nos siga no

    As exportações de armas da Rússia superaram as expectativas em 2015 e totalizaram US$ 14,5 bilhões, enquanto a carteira de encomendas externas atual ultrapassa a marca de US$ 56 bilhões, segundo anunciou o presidente russo Vladimir Putin nesta terça-feira (29).

    "As exportações de equipamentos militares russos em 2015 excederam as nossas expectativas e totalizaram US$ 14,5 bilhões", disse Putin em uma reunião da comissão presidencial sobre cooperação técnico-militar com Estados estrangeiros.

    Segundo o presidente, a Rússia mantém um sólido segundo lugar entre os líderes mundiais no comércio de armas.

    "Nossa carteira de encomendas externas está crescendo. No ano passado, assinamos contratos de exportação de armas superiores a US$ 26 bilhões… Como resultado, a carteira de pedidos militares atual passou de US$ 56 bilhões pela primeira vez desde 1992", ressaltou Putin.

    Segundo ele, a Rússia vendeu equipamento militar a 58 países em 2015, expandindo sua presença em novos mercados na África, na América Latina, no Sul da Ásia e no Oriente Médio Oriente.

    Os principais parceiros da Rússia na cooperação técnico-militar, entretanto, foram os países da Comunidade de Estados Independentes e da Organização do Tratado de Segurança Coletiva, bem como Índia, Iraque, Egito, Vietnã, China e Argélia.

    Putin também observou que um possível renascimento da cooperação técnico-militar entre a Rússia e a Europa ajudaria a aumentar a confiança mútua.

    "A cooperação técnico-militar com os países europeus quase parou. Eu gostaria de sublinhar que isto não foi nossa iniciativa e que esperamos que seja uma situação temporária", disse o chefe de Estado.

    Mais:

    Alemanha ignora Parlamento Europeu e aprova venda de armamentos para Riad e aliados
    Venda de armas britânicas para a Arábia Saudita é investigada
    Brasil negocia venda de Super Tucanos à Força Aérea do Paraguai
    Rússia considera venda de armas defensivas para a Sérvia
    Tags:
    comércio de armas, mercados, carteira, cooperação técnico-militar, militares, exportações, armas, venda, Rosoboronexport, Vladimir Putin, Oriente Médio, Europa, América Latina, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar