07:09 24 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    17027
    Nos siga no

    O porta-voz do presidente russo divulgou que em breve na mídia pode aparecer informação falsa sobre o chefe do Estado russo.

    Uma série de matérias "de encomenda" será publicada em breve não só no Ocidente, mas também na Rússia, segundo informou Dmitry Peskov.

    Ele explicou que uma “organização que se chama de consórcio de investigações jornalística internacional” enviou, no âmbito da preparação dessas publicações, uma série de questões ao Kremlin.

    Estas, segundo o porta-voz, embora de forma acentuadamente gentil, se pareciam com um interrogatório.

    As matérias com base nas respostas fornecidas serão publicadas na Alemanha, EUA, Reino Unido, França, Suíça, Rússia e outros países.

    Peskov mencionou alguns tipos de questões colocadas: é verdade que a fortuna privada de Putin é superior a 40 bilhões de dólares? Será que Putin continua sendo amigo de Sergei Roldugin, acionista do banco Rossiya? Será que o presidente tem relação direta com este banco? E assim por diante.

    Além disso, Dmitry Peskov advertiu que o ataque informático contra o presidente da Rússia atingirá também a família dele e os seus amigos de infância – Yuri Kovalchuk e Arkady Rotenberg.

    Em relação a isso, o porta-voz presidencial russo sublinhou que o Kremlin "respeita o gênero de jornalismo de investigação" e "admira" o trabalho profissional e imparcial dos jornalistas.

    Tags:
    jornalismo, Dmitry Peskov, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar