12:22 23 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Policiais e serviços de emergência em local de explosão em Lahore, Paquistão

    Talibã assume autoria de atentado que deixou mais de 60 mortos no Paquistão

    © AP Photo / K.M. Chuadary
    Mundo
    URL curta
    509

    O grupo militante Talibã assumiu a autoria pelo ataque suicida em Lahore, no Paquistão, neste domingo, que deixou pelo menos 65 mortos e centenas de feridos.

    Um homem-bomba explodiu no Parque Gulhshan-i-Iqbal, na cidade de Lahore, onde centenas de pessoas, principalmente mulheres e crianças, passeavam.

    “O alvo eram cristãos”, disse um porta-voz do Talibã, citado pela Reuters. “Queremos mandar essa mensagem ao primeiro-ministro Nawaz Sharif de que entramos em Lahore. Ele pode fazer o que quiser, mas não conseguirá nos parar. Nossos homens-bomba continuarão com esses ataques.”

    Segundo a rede de TV local Samaa, o ataque deixou cerca de 300 feridos. Eles foram levados a hospitais próximos.

    O primeiro-ministro do Paquistão, Nawaz Sharif, condenou o ataque-suicida, expressou suas condolências pelas mortes de inocentes e instruiu as autoridades a forneceram ajuda médica aos feridos, segundo a rede de TV paquistanesa Samaa.

     

    Mais:

    Atentado suicida no Paquistão deixa pelo menos 60 mortos (VÍDEO)
    Inteligência belga tinha informação sobre preparação do atentado
    Novo inimigo após cada atentado: Rússia é alvo da mídia de Erdogan
    Daesh tenta organizar atentado contra conhecido comandante curdo
    Número de vítimas de atentado em Ancara chega a 34
    Tags:
    mortes, homem-bomba, atentado, autoria, Talibã, Nawaz Sharif, Paquistão, Lahore
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar