05:25 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Edifício do Conselho Europeu em Bruxelas

    Conselho Europeu revela falhas de segurança na UE antes de ataques em Bruxelas

    © AP Photo / Virginia Mayo
    Mundo
    URL curta
    Explosões em Bruxelas (40)
    312
    Nos siga no

    Autoridades de segurança de Bélgica e Turquia haviam sido informadas da possibilidade de ataques suicidas por outros países e poderiam ter evitado as tragédias, segundo o jornal grego Kathimerini.

    Analistas revelaram falhas no sistema de segurança europeu, revelou um relato do Conselho Europeu. As  informações mostram sérios problemas no processamento de dados e na má vontade de certos países da União Europeia em cooperar.

    Segundo o jornal, autoridades belgas e turcas receberem de serviços de inteligência informações sobre ameaças terroristas e, portanto, estavam cientes da possibilidade de ataques suicidas.

    O relatório também ressalta que alguns países — Grécia em especial — têm problemas no controle alfandegário e no processamento de impressões digitais.

    “Em alguns centros de recepção de refugiados, controles de segurança não foram implementados”, revela o relatório.

    Após os ataques, analistas pediram o estabelecimento de ligações entre os bancos de dados de várias agencias de inteligência que contêm informações sobre terroristas e suspeitos, como FRONTEX, Europol e Interpol.

    Segundo o relatório, mais de cinco mil europeus se juntaram ao Daesh na Síria e no Iraque, mas o banco de dados da Europol, por exemplo, contém apenas 2.786 nomes.

    Tema:
    Explosões em Bruxelas (40)

    Mais:

    Irmão de homem-bomba de Bruxelas quer disputar Jogos Olímpicos
    Marcha “contra o medo” é cancelada em Bruxelas por questões de segurança
    Detido terceiro suspeito dos ataques em Bruxelas
    E agora o que? Subúrbio de Bruxelas faz conclusões após atentados
    Tags:
    falha, atentado, relatório, segurança, Kathimerini, Europol, Frontex, Conselho Europeu, Interpol, União Europeia, Bruxelas, Bélgica, Turquia, Grécia, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar