10:51 19 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    13261
    Nos siga no

    Aviões de guerra russos destruíram oito centros de comando terroristas e seis depósitos de munições em Palmira durante a libertação completa da cidade pelo exército sírio.

    Os jatos militares russos realizaram 40 missões em Palmira, destruindo 117 alvos terroristas e eliminando mais de 80 militantes nas últimas 24 horas, disse o Ministério da Defesa russo.

    "A Força Aeroespacial russa realizou 40 missões ao redor de Palmira e atingiram 117 alvos terroristas '. Oito centros de comando [terroristas], 12 fortificações, mais de 80 terroristas, dois tanques, três sistemas de artilharia, oito veículos e seis depósitos de munições foram destruídos".

    Este domingo de manhã, o Exército sírio e as forças de defesa populares, apoiadas por ataques aéreos russos, terminaram com sucesso a operação para libertar Palmira dos terroristas do Daesh.

    A ofensiva do exército sírio na cidade de Palmira para a retomar ao Daesh começou na quinta-feira (24).

    Palmira, situada na distância de 210 quilômetros de Damasco, é considerada a cidade chave para avançar para a «capital» do Daesh, Raqqa, no leste da Síria. A cidade esteve sob controle do Daesh desde maio de 2015. O grupo jihadista, o que é ilegal em muitos países, incluindo a Rússia, já destruiu uma parte da cidade antiga, que é Património Mundial da UNESCO.

    Mais:

    Exército sírio faz militantes do Daesh recuarem ao norte de Palmira (VÍDEO)
    Ataques aéreos russos destroem 158 alvos terroristas em Palmira
    Palmira: combates recomeçam, exército avança
    Tags:
    Força Aeroespacial da Rússia, Palmira, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar