13:29 20 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Tributo a vítimas do terrorismo em Bruxelas, Bélgica

    Marcha “contra o medo” é cancelada em Bruxelas por questões de segurança

    © REUTERS / Francois Lenoir
    Mundo
    URL curta
    Explosões em Bruxelas (40)
    601

    A chamada Marcha Contra o Medo, marcada para acontecer neste domingo, em Bruxelas, após os recentes ataques terroristas, foi cancelada por questões de segurança, declararam os organizadores do evento.

    No início deste sábado, o ministro do Interior belga, Jan Jambon, pediu que o evento fosse adiado a fim de não pressionar a polícia local, que está ocupada investigando os ataques recentes e trabalhando para garantir a segurança no país.

    “A segurança do povo é nossa prioridade absoluta. Portanto, apoiamos inteiramente a proposta das autoridades para adiar (a marcha) a outra data. Por nosso lado, pedimos aos cidadãos que não cheguem a Bruxelas no domingo”, diz o comunicado no Facebook.

    Quase dez mil usuários de redes sociais haviam confirmado a participação no evento.

    No dia 22 de março, dois ataques suicidas no aeroporto de Bruxelas e outra explosão na estação de trem de Maelbeek mataram pelo menos 31 pessoas. O grupo terrorista Daesh assumiu a autoria.

    Tema:
    Explosões em Bruxelas (40)

    Mais:

    Detido terceiro suspeito dos ataques em Bruxelas
    Vítima de Bruxelas: ‘tenho fragmentos de bomba por todo o corpo’ (EXCLUSIVO)
    E agora o que? Subúrbio de Bruxelas faz conclusões após atentados
    Atentado em Bruxelas: procuradoria belga deteve seis suspeitos
    Polônia rechaça imigrantes após atentados de Bruxelas
    Tags:
    terrorismo, cancelamento, marcha, Estado Islâmico, Daesh, Facebook, Jan Jambon, Bruxelas, Bélgica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar