13:54 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    People leave the scene of explosions at Zaventem airport near Brussels, Belgium, March 22, 2016

    Sputnik falou com testemunha: ‘Estava muito perto, talvez a uns 30-40 metros’

    © REUTERS/ Francois Lenoir
    Mundo
    URL curta
    Explosões em Bruxelas (40)
    10101653

    A Sputnik falou com Jana Toom, deputada da Estônia no Parlamento Europeu e testemunha do atentado que sacudiu o aeroporto de Bruxelas.

    Leia a íntegra o que a deputada falou nessa altura:

    “Estou na pista de decolagem com milhares de passageiros como eu. Não sabemos nada, a ligação móvel funciona em uma só direção. Eu conheço as novidades através dos amigos. Isso foi no edifício do aeroporto, estava muito perto, talvez a uns 30-40 metros, depois disso um dos guardas de segurança nos deu um sinal ‘run! (corram)’ e todos fugimos na direção indicada pelo guarda. Fomos todos evacuados do edifício do aeroporto, todos estão na pista de decolagem. Durante a evacuação do edifício do aeroporto foi tirada a bagagem que ainda não foi verificada, como era o meu caso, por exemplo, porque não passei pela verificação de segurança. Aqueles cuja bagagem foi verificada, aqueles estão com as suas malas. A evacuação está em curso, há cada vez menos gente, mas eu francamente não sei por que razão. Eu evito a  multidão como pessoa que foi ensinada a fazê-lo”.

    Duas explosões atingiram  nesta terça-feira (22) às 08h00 (horário local) o aeroporto internacional de Bruxelas. 

    As autoridades consideram que um dos engenhos explosivos foi acionado por um homem-bomba. A terceira explosão ocorreu em um trem de metrô na estação de Maelbeek.

    Em resultado, morreram pelo menos 28 pessoas, dezenas ficaram feridas. O primeiro-ministro belga qualificou as explosões como atentados terroristas.

    Tema:
    Explosões em Bruxelas (40)
    Tags:
    atentado, explosão, testemunha, Parlamento Europeu, Estônia, Bélgica, Bruxelas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik