16:52 15 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Funcionários do Ministério de Emergências no local do acidente do voo FZ981, da FlyDubai

    Investigação sobre acidente da FlyDubai é prioridade máxima na Rússia

    © Sputnik / Stringer
    Mundo
    URL curta
    180

    O investigador-chefe russo, Aleksandr Bastrykin, convocou uma reunião de emergência em Rostov-no-Don, onde pediu que o Comitê Investigativo priorize o caso do acidente da FlyDubai.

    Neste sábado, o Boeing 737-800 da FlyDubai, que decolou de Dubai com destino a Rostov-no-Don, se acidentou quando tentava pousar sob condições climáticas desfavoráveis no aeroporto da cidade russa. Todas 62 pessoas a bordo morreram.

    "Durante sua visita ao local do acidente, Aleksandr Bastrykin inspecionou o trabalho do time de investigadores… e deu várias ordens, inclusive pedindo que o caso criminal seja entregue ao departamento do Comitê Investigativo que lida com casos particularmente importantes", disse o porta-voz do Comitê, Vladimir Markin.

    Até agora, os investigadores do Comitê interrogaram mais de 40 pessoas, inclusive parentes das vítimas do acidente, funcionários do aeroporto, controladores de tráfego aéreo e representantes da FlyDubai, assim como especialistas do Centro Meteorológico da Rostov.

    O Comitê Investigativo tenta determinar a causa do acidente em conjunto com o Comitê de Aviação Interestadual, baseado em Moscou. Eles devem receber ajuda de especialistas estrangeiros das agências de transporte de Estados Unidos, Emirados Árabes e França.

    Mais:

    Avião da FlyDubai cai em Rostov-no-Don, não há sobreviventes
    Piloto do avião da FlyDubai não enviou sinal de emergência
    EUA prometem ajuda à Rússia em inquérito sobre acidente da FlyDubai
    Tags:
    prioridade, acidente aéreo, investigação, mortes, 737-800, Rostov-no-Don, Rostov, Dubai, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik