13:04 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Caças das Forças Armadas dos EUA durante operação nos céus da Síria

    As cinco operações militares mais caras do mundo

    © flickr.com / U.S. Department of Defense
    Mundo
    URL curta
    32391

    Enquanto o mundo avalia quanto a Rússia gastou na operação síria, a agência de notícias russa RIA Novosti elaborou uma lista das operações militares mais caras desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

    Nesta semana Vladimir Putin afirmou que a operação russa na Síria custou cerca de 33 bilhões de rublos ($464 milhões). Para entender se é muito ou pouco, agência de notícias russa RIA Novosti elaborou uma lista das operações militares mais caras desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

    5. Operação da OTAN na Jugoslávia — $43 bilhões

    A guerra em Kosovo finalizou com a operação de 78 dias da OTAN no decorrer da qual foram atacadas as instalações militares e as infraestruturas civis da Jugoslávia. Segundo os jornalistas da BBC e os especialistas britânicos da editora Jane’s, os bombardeios custaram por volta de $43 bilhões.

    Durante a operação foram lançadas mais de 23 mil bombas, o prejuízo para o país atacado constituiu um bilhão de dólares (segundo os peritos britânicos) ou 29,6 bilhões (segundo os sérvios).

    De acordo com as autoridades iugoslavas, em resultado da operação morreram mais de 1700 civis e 10 mil ficaram feridos.

    4. Operação ‘Tempestade do Deserto’ — $102 bilhões

    A guerra do Golfo de 1990-1991 foi um dos conflitos mais breves na história norte-americana. A operação intitulada «Tempestade do Deserto» e liderada pelos EUA durou 42 dias e resultou na libertação do Kuweit. A operação se tornou um dos primeiros exemplos da guerra de altas tecnologias. Segundo o Congresso norte-americano, a operação custou aos EUA $102 bilhões e levou 298 vidas.

    3. Operação na Coreia do Norte — $341 bilhões

    Em 25 de junho de 1950, as tropas norte-coreanas cruzaram o 38º paralelo e começaram o avanço contra a Coreia do Sul. Naquele mesmo dia, o Conselho de Segurança adotou a resolução apresentada pelos EUA sobre a ajuda militar à Coreia do Sul. Tropas terrestres da ONU, compostas na maioria por soldados norte-americanos, foram enviados à península. O envolvimento da China fez a guerra prolongar-se por mais de três anos. Uma das maiores batalhas — de Taegu — foi a segunda maior operação militar do século, depois do desembarque da Normandia de1944. Um total de98 bombardeiros B-29 lançaram 3084 bombas de 500 libras (230 kg) e 150 bombas de 1000 libras (450 kg). A participação da Guerra da Coreia custou aos EUA $341 bilhões e 34 mil pessoas.

    Soldados do 24 regimento de infantaria dos EUA parte para a frente na Coreia em 18 de julho e 1950, menos de um mês depois do início da guerra, em 25 de junho.
    © AP Photo / National Archives
    Soldados do 24 regimento de infantaria dos EUA parte para a frente na Coreia em 18 de julho e 1950, menos de um mês depois do início da guerra, em 25 de junho.

    2. Guerra do Vietnã —$738 bilhões

    Em 1965, guerrilheiros norte-vietnamitas atacaram as instalações dos EUA na cidade de Pleiku. Os EUA responderam com a operação Rolling Thunder, que se tornou a campanha de bombardeios mais longa dos EUA depois da Segunda Guerra Mundial. Os ataques aéreos custaram à Casa Branca cerca de 900 milhões de dólares. No Vietnã ficaram mais de 550 mil soldados norte-americanos. A guerra continuou por oito anos, no total, os EUA gastaram nela $738 bilhões. Morreram mais de 58 mil norte-americanos. A guerra se tornou um tema popular para a literatura e cinema: foram filmados mais de 500 filmes sobre o tema. Além disso, a guerra resultou no «síndrome do Vietnã», ou seja a recusa dos cidadãos dos EUA de apoiarem campanhas militares planejadas pelo governo.

    Guerra do Vietnã
    © Fotobank.ru/Getty Images /
    Guerra do Vietnã

    1. Guerra contra o terrorismo (Iraque, Afeganistão) — segundo diferentes avaliações, de 1 até 6 trilhões de dólares

    Depois dos atentados de 11 de setembro de 2001, o presidente George W. Bush anunciou o início da guerra contra o terrorismo – uma campanha militar no Afeganistão, Iraque, Paquistão, Somali, Iémen, Indonésia e Filipinas. Segundo os peritos do Congresso norte-americano, os gastos constituíram $1,147 trilhões, mas não foram tomados em conta os gastos do tratamento médico, reabilitação dos militares, pagamento de prestações da previdência e aposentadorias aos deficientes. Somando tudo isto, os especialistas da Harvard concluíram que foram gastos de $4 a $6 trilhões. Em comparação, durante a Segunda Guerra Mundial os EUA gastaram $3 trilhões.

    Tags:
    operação militar, Guerra do Vietnã, Guerra do Golfo, Guerra das Coreias, Kosovo, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik