07:00 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Polícia belga prende Salah Abdeslam, participante dos atentados em Paris

    Salah Abdeslam queria se explodir no Stade de France

    © REUTERS / VTM
    Mundo
    URL curta
    Capital francesa sofre pior atentado da história (68)
    241

    Procurador público de Paris afirma que principal suspeito dos ataques de 13 de novembro, preso na última sexta-feira, finalmente cedeu, segundo informa o jornal Libération.

    Salah Abdeslam, detido em Bruxelas, revelou aos investigadores belgas que queria se explodir no dia 13 de novembro, em Paris, no Stade de France, onde as seleções de França e Alemanha disputavam um amistoso de futebol. Abdeslam disse também que mudou de ideia e desistiu.

    “Salah Abdeslam é um elemento-chave nos ataques em Paris, com um papel central na constituição dos fatos. Ele queria se explodir no Stade de France, mas mudou de ideia. Ele comprou detonadores em uma loja em Paris e peróxido de hidrogênio em outra loja”, disse o procurador François Molins em entrevista coletiva neste sábado.

    Molins disse ainda que a prisão de Abdeslam é um avanço muito importante para a investigação. "As pesquisas continuam sem pausa, na França e na Bélgica", para identificar "todos os atores" dos ataques.

    Sven Mary, advogado belga de Abdeslam, disse que seu cliente vem colaborando com a polícia local e que não deve ser entregue às autoridades francesas porque ainda há uma investigação belga a ser realizada. “Primeiro, analisaremos de o mandado de prisão europeu é legal e depois veremos.”


    Tema:
    Capital francesa sofre pior atentado da história (68)

    Mais:

    Suspeitos de planejar novos ataques terroristas em Paris são presos na França
    Agência revela o custo dos atentados terroristas de Paris
    Daesh publica vídeo com últimas palavras dos atacantes de Paris
    Mais dois suspeitos dos atentados em Paris são detidos em Bruxelas
    Sobreviventes dos atentados de Paris tentam retribuir o 'herói esquecido do Bataclan'
    Homem belga é preso em Marrocos por envolvimento com terroristas dos atentados de Paris
    Tags:
    prisão, homem-bomba, explosão, terrorista, Stade de France, Salah Abdeslam, Paris, Bélgica, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar