23:48 19 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    43112
    Nos siga no

    A China expressou preocupação pelas informações sobre os planos dos EUA de implantar seus bombardeiros estratégicos na Austrália.

    A respetiva informação foi divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores chinês nesta quarta-feira (9).

    A informação sobre os planos dos Estados Unidos foi divulgada na terça-feira (8) pela emissora ABC, que citou o general americano Lori Robinson da Força Aérea do Pacífico.

    Os bombardeiros estratégicos são os bombardeiros de longo alcance B1.

    Segundo o general americano, as negociações sobre a questão do envio de bombardeiros, em regime de rotação regular, estão em andamento.

    Além disso, o general Robinson acrescentou que a Força Aérea dos EUA continuará a voar sobre as áreas disputadas no mar do Sul da China.

    O porta-voz da chancelaria chinesa, Hong Lei, declarou a jornalistas que o seu país está “preocupado com estas informações”.

    Ele também avisou que os Estados Unidos e a Austrália devem, por via da sua cooperação militar, proteger a paz e estabilidade na região, ao invés de minar os interesses de terceiras partes.

    A China e os seus países vizinhos – Vietnã, Taiwan, Malásia, Brunei e Filipinas – têm várias disputas territoriais no mar do Sul da China.

    Tags:
    Bombardeiro, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar