23:06 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras nacionais de Cuba e EUA

    EUA podem anunciar nova flexibilização das sanções contra Cuba em março

    © AP Photo / Ramon Espinosa
    Mundo
    URL curta
    221
    Nos siga no

    A Administração dos EUA pretende anunciar em 17 de março a suspensão de uma série de restrições à Cuba no âmbito comercial e bancário, além da facilitação de viagens de cidadãos norte-americanos ao país.

    Presidente dos EUA Barack Obama e o líder cubano Raúl Castro apertam as mãos na abertura da Cúpula das Américas no Panamá
    © REUTERS / Presidência Panamá/Handout via Reuters
    A Administração dos EUA pretende anunciar em 17 de março a suspensão de uma série de restrições à Cuba no âmbito comercial e bancário, além da facilitação de viagens de cidadãos norte-americanos ao país. 

    O anúncio faz parte do conjunto de medidas ligadas ao restabeleceminto das relações diplomáticas entre os Estados Unidos e Cuba após um intervalo de 50 anos. 

    Segundo uma fonte anônima do Congresso norte-americano, citada pela agência Reuters, os novos passos para a normalização das relações devem, portanto, criar um contexto favorável antes da viagem do presidente Barack Obama para Cuba, que será realizada nos dias 21 e 22 março. 

    Os líderes dos dois países, Barack Obama e Raúl Castro, anunciaram em 2014 o início das negociações para a normalização das relações bilaterais. Em julho de 2015, os países restabeleceram as relações diplomáticas, interrompidas há mais de 50 anos, após a Revolução Cubana. Em seguida, as partes assinaram uma série de acordos bilaterais, apesar do embargo econômico contra Cuba foi mantido. Além disso, as viagens à Cuba são autorizadas apenas para catagorias específicas de cidadãos norte-americanos. 

    Mais:

    EUA e Cuba discutem luta conjunta contra crimes cibernéticos
    Presidente dos EUA planeja visitar Cuba antes de abril
    EUA e Cuba fecham acordo histórico para retomar voos comerciais
    Cuba terá primeira fábrica dos EUA
    Tags:
    embargo, sanções, relações diplomáticas, Raul Castro, Barack Obama, EUA, Cuba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar