21:29 26 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Militantes atacam edifício do parlamento da Tunísia e levam turistas como reféns

    Brasil condena ataques na Tunísia

    © AFP 2019 / FETHI BELAID
    Mundo
    URL curta
    382

    O governo brasileiro divulgou uma nota nesta terça-feira (8) condenando os ataques ocorridos ontem (7) na cidade tunisiana de Ben Guerdane, na fronteira com a Líbia. O atentado causou a morte de pelo menos sete civis e nove membros das forças de segurança tunisianas.

    "Ao manifestar sua solidariedade aos familiares das vítimas, bem como ao governo e ao povo tunisiano, o Brasil reitera firme repúdio a todos os atos de terrorismo, praticados sob quaisquer pretextos", diz o comunicado. 

    De acordo com a nota, o governo brasileiro reafirma confiança na força da democracia tunisiana e em sua capacidade de fazer frente ao recrudescimento do extremismo e da intolerância na região.

    “O ataque em Ben Guerdane, executado a partir do território líbio, demonstra a urgência da formação de um governo de unidade nacional, conforme previsto no Acordo Político Líbio assinado em dezembro de 2015, capaz de combater o avanço de grupos extremistas no país”, conclui a nota. 

    Na última segunda-feira (8) ataques terroristas, na cidade tunisiana de Ben Guerdan, próxima da Líbia, deixaram mataram 55 pessoas, entre eles 36 jihadistas, 12 integrantes das forças da ordem e sete civis. 

    Mais:

    Operação da Tunísia na fronteira com a Líbia mata 21 militantes
    Rússia está pronta para cooperar com Tunísia na luta contra o terrorismo
    Ônibus da guarda presidencial da Tunísia explode no centro de Túnis
    Nobel da Paz vai para organizadores de diálogo na Tunísia
    Tags:
    jihadistas, terroristas, atentado, Ben Gardane, Tunísia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar