10:45 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    305
    Nos siga no

    Cerca de 2.000 pessoas foram retiradas de um mercado de flores ao lado da estação ferroviária de Rizhsky, no centro de Moscou, depois de um telefonema anônimo sobre uma ameaça de bomba, segundo informou a polícia local, citada pela RT.

    ​Outros relatos afirmam que um pacote suspeito foi encontrado no mercado, um dos locais mais populares para se comprar flores na capital russa.

    ​Na manhã de hoje, 8 de março, o mercado de Rizhsky estava especialmente lotado, com centenas de moscovitas à procura de flores para homenagear o Dia Internacional da Mulher, feriado extremamente popular na Rússia.

    ​Mais tarde a polícia informou que os cães farejadores não conseguiram encontrar explosivos no mercado, e acrescentou que estava tentando identificar a pessoa que fez o telefonema anônimo.

    Se o suspeito for encontrado, pode pegar até três anos de prisão.


    Mais:

    Ameaça de bomba causa pânico em voo com destino à Arábia Saudita
    Daesh assume autoria de atentado terrorista em Bagdá
    Tags:
    mercado de flores, ameaça de bomba, Dia Internacional da Mulher, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar