13:58 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Soldados sírios nos arredores de Raqqa, Síria, 19 de fevereiro de 2016

    Militantes na Síria violam cessar-fogo 40 vezes

    © AFP 2017/ STRINGER
    Mundo
    URL curta
    Trégua russo-americana na Síria (85)
    716

    Mais de 40 casos de violação do regime de cessar-fogo foram relatados na Síria em dois dias. A informação é do chefe do centro russo para a reconciliação das partes em conflito na Síria, o tenente-general Sergei Kuralenko.

    “Nos dias 2 e 3 de março foram registradas 41 violações do regime de cessar-fogo por parte dos militantes de grupos terroristas”, disse ele. 

    Foi relatado que nas cidades de Idlib e Damasco, por exemplo, foram sete violações, em Daraa e Homs houve quatro casos, e nas províncias de Latakia e El Kuneyro foram 5 atividades belicosas, entre outras. De acordo com Kuralenko, a situação mais difícil persiste na província de Aleppo, onde 13 casos de violações foram registradas.

    De acordo com o representante das autoridades russas, em alguns casos, grupos armados de militantes operam a partir do território localizado na fronteira dos bairros, cujas coordenadas foram transferidas para o lado russo pelos parceiros dos EUA no final de fevereiro. Como é sabido, nesas áreas devem haver destacamentos, que acordaram o regime de cessar-fogo.

    Kuralenko ainda observou que não houve ataques das forças aéreas da Rússia e da Síria sobre grupos armados que têm apoiado o fim das hostilidades. 

    Tema:
    Trégua russo-americana na Síria (85)

    Mais:

    Força Aérea síria ataca terroristas pela primeira vez desde começo do cessar-fogo
    18 grupos da oposição síria se juntam ao cessar-fogo
    Enviado especial da ONU: cessar-fogo na Síria está funcionando
    Curdos sírios continuam operação antiterrorista no meio de cessar-fogo
    'Cessar-fogo na Síria será permanente'
    Tags:
    acordo, terroristas, violação, cessar-fogo, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik