07:16 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Pratos com rertrato do presidente russo Vladimir Putin e presidente sírio Bashar Assad na loja de lembranças, Damasco, Síria, 6 de fevereiro de 2016

    Esforços conjuntos do Exercito sírio e Rússia abrem caminho a trégua nacional no país

    © AFP 2017/ JOSEPH EID
    Mundo
    URL curta
    Trégua russo-americana na Síria (85)
    17281

    O cessar-fogo atingido na Síria tornou-se possível devido aos esforços do Exército sírio, disse o chefe do grupo para trégua na província de Hama na quinta-feira (3).

    A Rússia tem desempenhado um papel importante no cessar-fogo sírio porque age como garante e mediador entre os grupos de oposição, disse o chefe russo do grupo para trégua na província de Hama.

    “A trégua nacional emergiu graças ao fato de que o Exército sírio foi capaz de retomar mais território dos terroristas. Isso foi possível graças à Rússia que fez todos os esforços para introduzir um projeto de perspectiva de uma trégua nacional na Síria”, disse à RIA Novosti o tenente-coronel German Rudenko.

    Segundo Rudenko, na província síria de Hama mais de 30 povoações aderiram-se ao processo de reconciliação nacional na Síria com a mediação do Centro de Coordenação.

    O representante russo explicou que um acordo que propõem para assinatura às autoridades locais inclui o não uso de armas contra as forças governamentais, o apoio ao processo de paz e consente a volta das autoridades nacionais para a região.

    Ao mesmo tempo, o processo de reconciliação na Síria avança a um ritmo acelerado, disse o representante oficial do Ministério da Defesa russo, general-major Igor Konashenkov.

    Segundo ele, o processo desenvolve porque pessoas veem com os seus próprios olhos as vantagens da paz e contem sobre isso aos seus amigos.

    “É preciso entender que o instrumento principal de divulgar as informações sobre a trégua não são a imprensa ou a televisão, senão as comunicações entre pessoas porque mais confiam uns em outros [que na mídia]”, afirmou.

    Na opinião do representante russo, é muito importante seguir às ações de grupos terroristas  porque uma pequena provação será bastante para fazer com que pessoas isolem-se.

    Em 22 de fevereiro foi publicada a declaração conjunta dos EUA e da Rússia sobre a Síria, sobre o cessar-fogo entre as tropas do governo sírio e os grupos armados da oposição a partir de 27 de fevereiro, sem o mesmo, no entanto, ser aplicado ao Daesh, Frente al-Nusra e outras organizações que a ONU considera como terroristas.

    Pouco antes de o cessar-fogo ter entrado em vigor, o Conselho de Segurança da ONU adotou a resolução 2268 sobre este acordo russo-americano.

    Desde o cessar-fogo, a Rússia está se focando no fornecimento da ajuda humanitária às regiões sírias. Durante dois dias foram fornecidas 2,5 toneladas da alimentação às povoações nas províncias de Homs e Latakia que aderiram ao cessar-fogo.

    Tema:
    Trégua russo-americana na Síria (85)
    Tags:
    cessar-fogo, vitórias, exército, esforços, resolução, paz, trégua, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik