16:26 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Secretário do Estado dos EUA, John Kerry

    Explosão mata funcionários de consulado dos EUA no Paquistão

    © AFP 2018 / SAUL LOEB
    Mundo
    URL curta
    904

    Pelo menos dois funcionários do consulado dos Estados Unidos na cidade paquistanesa de Peshawar foram mortos em uma explosão durante uma operação antinarcóticos na região, conforme anunciou o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, nesta terça-feira. Segundo ele, alguns soldados das Forças Armadas do Paquistão também morreram na ação.

    "Nesta manhã, eu acordei com a notícia de que nós perdemos dois empregados locais em Peshawar, que trabalhavam com o nosso consulado lá e estavam em um esforço para erradicar campos de narcóticos", disse Kerry em um evento para discutir o extremismo em Washington. 

    "Um IED (artefato explosivo improvisado) explodiu e muitos foram mortos. Alguns dos soldados que estavam lá para protegê-los também", completou, sem entrar em detalhes.

    De acordo com o Departamento de Estado, os dois paquistaneses a serviço dos EUA em Peshawar foram algumas das vítimas de um ataque contra um comboio das forças antidrogas do governo em uma zona tribal perto da fronteira com o Afeganistão. 

    "O governo dos EUA condena duramente esse ataque", afirmou o porta-voz do departamento, John Kirby. "O Paquistão sofreu muito nas mãos de terroristas e extremistas violentos. Os Estados Unidos são solidários ao povo paquistanês e a todos aqueles que lutam contra a praga do terrorismo".

    Mais:

    Ataque a universidade no Paquistão deixa 21 mortos e 50 feridos
    Paquistão executa autores de atentado que matou 150 pessoas em escola
    Paquistão testa com sucesso míssil balístico Shaheen-III
    Tags:
    explosão, terrorismo, John Kirby, John Kerry, Peshawar, Washington, Afeganistão, Paquistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik