14:52 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Militantes da Frente al-Nusra na entrada da cidade de Idlib

    Grupo de jornalistas bombardeados por artilharia em Latakia

    © REUTERS / Mohamad Bayoush
    Mundo
    URL curta
    Trégua russo-americana na Síria (85)
    14317

    Mais de 30 repórteres da Rússia, China, Alemanha, Estados Unidos, Canadá, Bulgária e Grécia ficaram, esta terça-feira, sob fogo de artilharia perto da fronteira com a Turquia.

    Ao todo, foram lançados oito projéteis, informou o correspondente da RIA Novosti.

    Segundo os dados preliminares, há vítimas entre jornalistas chineses, canadenses e búlgaros. Os jornalistas sofreram ferimentos leves. No grupo também há jornalistas russos, em particular dos canais televisivos RT Espanhol e RT Árabe.

    A cidade de Kensada, na província de Latakia, fica perto da fronteira sírio-turca.

    O Ministério da Defesa russo disse que o bombardeio foi feito a partir do território turco.

    "O bombardeio veio do lado turco da fronteira, da cidade de Dama perto de Idlib", disse o general-major, Igor Konashenkov.

    De acordo com uma fonte do exército sírio, o responsável pelo bombardeio foi o grupo terrorista Frente al-Nusra.

    O ataque ocorreu durante uma turnê de imprensa nas áreas que, segundo o acordo, participam do cessar-fogo, disse o porta-voz do Ministério da Defesa russo.

    O bombardeio vem após a cessação das hostilidades que entrou em vigor à meia-noite em 27 de fevereiro. Em 20 de fevereiro de 2016, a Rússia e os EUA chegaram ao acordo sobre um cessar-fogo na Síria. Este instrumento cessa oficialmente as hostilidades entre as forças governamentais e oposicionistas na Síria com o objetivo de aumentar a eficiência do combate aos grupos terroristas que ocupam várias áreas nesse país.

    Tema:
    Trégua russo-americana na Síria (85)

    Mais:

    O que fazem os aviões russos durante cessar-fogo na Síria? Violam a trégua?
    Kerry: Rússia e EUA criarão sistema para combater terroristas na Síria
    Síria: Militares russos denunciam sete violações da trégua em 24h
    Tags:
    Frente al-Nusra, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik