08:38 21 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Posição do Daesh após ataque aéreo da coalizão internacional

    Coalizão dos EUA volta a atacar o Daesh na Síria e no Iraque

    © AP Photo/ Osama Sami
    Mundo
    URL curta
    Campanha militar antiterrorista na Síria (132)
    7112

    A coalizão liderada pelos Estados Unidos continuou seus ataques no Iraque e na Síria, realizando um total de 24 bombardeios contra o Daesh no sábado, de acordo com um comunicado divulgado pelo Comando Estratégico dos EUA (USSTRATCOM) neste domingo.

    “Na Síria, forças militares da coalizão realizaram 12 ataques usando ataques por solo e ataques de aeronaves contra alvos do Daesh. No Iraque, forças militares da coalizão realizaram 12 ataques coordenados com apoio do governo do Iraque usando aeronaves contra alvos do Daesh”, diz o comunicado.

    O USSTRATCOM declarou ainda todas aeronaves da coalizão retornaram à base em segurança.

    A coalizão internacional liderada pelos EUA vem realizando ataques aéreos contra o Daesh na Síria e no Iraque desde 2014.

    Rússia e Estados Unidos chegaram a um acordo sobre o cessar-fogo na Síria no dia 22 de fevereiro. A trégua entrou em vigor à meia-noite de sábado, no horário de Damasco.

    Na última sexta-feira, pouco antes de o cessar-fogo entrar em vigor, o Conselho de Segurança da ONU adotou de forma unânime a resolução 2238, apoiando o acordo Rússia-EUA sobre o fim das hostilidades na Síria. Grupos terroristas em operação na Síria, como o Daesh e a Frente Nusra, não estão envolvidos no cessar-fogo.

    Tema:
    Campanha militar antiterrorista na Síria (132)

    Mais:

    OTAN adere oficialmente à operação da coalizão liderada pelos EUA na Síria
    Coalizão liderada pelos EUA critica Turquia e ressalta respeito à soberania do Iraque
    Mais vale pouco do que nada? 26 missões da coalizão internacional contra Daesh
    Coalizão enfraquece, e EUA ameaçam usar força na Síria
    Tags:
    ataque aéreo, coalizão, terrorismo, Estado Islâmico, Daesh, Comando Estratégico dos EUA, EUA, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik