21:52 15 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Soldado de forças pro-governamentais sírias fica perto de entrada para a cidade de Aleppo, Síria, 14 de janeiro de 2016

    Damasco está aberta para qualquer diálogo em nome da regulação política da crise

    © AFP 2019 / LOUAI BESHARA
    Mundo
    URL curta
    Trégua russo-americana na Síria (85)
    231

    O representante permanente da Síria junto à ONU, Bashar Jaafari, declarou nesta sexta-feira (26) que o governo de Damasco almeja a todo custo alcançar uma solução político-pacífica para a crise que assola o país.

    “O governo da Síria está aberto para quaisquer esforços sinceros voltados para uma solução política que permita ao povo sírio decidir o seu destino através do diálogo sírio-sírio, mediado pelas autoridades locais e sem a participação de agentes externos. Isso garante a independência e a integridade territorial da Síria” – disse Jaafari ao discursar no Conselho de Segurança da ONU.

    Militares sírios acenam com as mãos depois de ter tomado o controle da vila de Kiffin, província de Aleppo, Síria, 11 de fevereiro de 2016
    © AFP 2019 / GEORGE OURFALIAN
    Junto a isso, ele destacou que a declaração conjunta emitida pelos EUA e pela Rússia já representante um passo importante em direção à regulação política da crise.

    Desde 2011, a Síria está envolvida em uma guerra civil, com as forças do presidente Bashar Assad combatendo vários grupos de oposição — entre eles, grupos terroristas como a Frente Nusra e o Daesh.

    A Rússia vem conduzindo ataques aéreos contra terroristas na Síria a pedido de Assad desde 30 de setembro de 2015. Além de apoiar Assad como autoridade legítima da Síria, Moscou vem contribuindo para que se chegue a uma solução política para a crise síria, inclusive mediando conversas e ajudando a organizar encontros internacionais sobre a questão.

    A coalizão internacional liderada pelos EUA, que inclui a França e defende a saída imediata de Assad do poder, tem realizado ataques aéreos contra instalações do Daesh desde agosto de 2014 e, um pouco depois, expandiu os seus ataques para alvos do Daesh na Síria.

    Tema:
    Trégua russo-americana na Síria (85)
    Tags:
    cessar-fogo, crise, regulação, Bashar Jaafari, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar