04:19 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    3016
    Nos siga no

    Um grupo de piratas na Nigéria exigiu um resgate pela vida de um marinheiro russo e ameaça matá-lo se não receber o dinheiro, segundo relata a mídia russa nesta sexta-feira (26). Até agora, porém, não se sabe qual é a quantia exigida.

    ​O navio Bourbon Liberty 251, pertencente à empresa francesa de mesmo nome, foi atacado por piratas nas águas territoriais da Nigéria em 23 de fevereiro. De acordo com a companhia, dez membros da tripulação foram resgatados, mas duas pessoas foram tomadas como reféns.

    "Um russo e um nigeriano foram levados do MV Bourbon antes que o NNS Centenary pudesse contactar e resgatar o navio dos sequestradores. Esforços estão sendo feitos para determinar o paradeiro dos tripulantes raptados", informou a Marinha da Nigéria em comunicado. 

    O representante da empresa, Roman Dubovitsky, confirmou o nome do refém russo: Ivan Rudny, morador da cidade de Murmansk.

    Mais:

    Piratas capturam tripulantes russo e nigeriano após sequestrarem navio no golfo da Guiné
    Tags:
    marinheiro russo, piratas, resgate, refém, Bourbon Liberty 251, Ivan Rudny, Golfo da Guiné, Nigéria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar