06:55 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    215
    Nos siga no

    O governo norte-americano informou hoje que o fato de Washington ter chegado a um acordo com os seus parceiros para cessar as hostilidades na Síria não significa que os Estados Unidos serão impedidos de continuar pressionando os terroristas do Daesh (autoproclamado Estado Islâmico) na região.

    Segundo o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, o objetivo dos EUA no momento é se focar na implementação efetiva do cessar-fogo na Síria, mas Washington também está discutindo outras possibilidades, caso esse plano fracasse. 

    "A razão pela qual eu não estou descartando um plano B é porque você esperaria que a administração tomasse medidas de resposta em torno de planos de contingência" afirmou.

    Nesta quarta-feira, após encontro com o rei Abdullah II da Jordânia no Salão Oval da Casa Branca, o presidente dos EUA, Barack Obama, disse que é preciso ter cautela para não se criar muita expectativa sobre o acordo de cessar-fogo, principalmente considerando o "modesto progresso" da última semana. 

    Mais:

    Senador dos EUA: Rússia irá ditar os termos do cessar-fogo na Síria
    ‘Acordo sobre cessar-fogo na Síria já está sendo realizado’
    Forças Amadas turcas descontentes com política do governo em relação à Síria
    EUA: acordo sobre a Síria seria impossível sem cooperação com Rússia
    Kerry elabora 'plano B' para o caso do cessar-fogo na Síria falhar
    Tags:
    EUA, Síria, Washington, Barack Obama, Josh Earnest, Abdullah II, Casa Branca, Daesh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar