15:34 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Refugiados sírios estão à espera de transporte após atravessar a fronteira com a Turquia da cidade síria Tal Abyad, em 10 de junho de 2015

    Presidente da Finlândia alerta Rússia para possível invasão de refugiados

    © AFP 2017/ STR
    Mundo
    URL curta
    207916324

    A Rússia corre o risco de ter o mesmo destino da Turquia e se deparar com uma invasão de migrantes caso Ancara fechar suas fronteiras para refugiados vindos do Oriente Médio, declarou o presidente da Finlândia Sauli Niyniste, em entrevista ao canal de televisão MTV News.

    "Se a Turquia fechar suas fronteiras ou a fronteira com a União Europeia para refugiados, um fluxo incontrolável de migrantes se formará em outro lugar. Nesse sentido, a Rússia poderá se tornar algo como uma segunda Turquia" – disse Niyniste.

    O presidente destacou que neste momento muita coisa depende de Moscou, já que os migrantes que antes seguiam para a Europa através dos Balcãs, agora começaram a se dirigir para a Rússia. Niyniste também acredita que cada vez mais refugiados chegarão à Finlândia, Estônia e Letônia.

    O fluxo de migrante vindos do Oriente Médio tem aumentado no sul na região russa de Murmansk, no extremo noroeste da Rússia, e que faz fronteira com Finlândia e Noruega. Segundo as autoridades russas, a fronteira russo-finlandesa é diariamente cruzada por cerca de 20 pessoas em busca de refúgio.

    Mais:

    Erdogan ameaçou União Europeia de abrir fronteiras para refugiados
    Vice-secretário de Estado dos EUA diz que refugiados ameaçam integração europeia
    Depois de Colônia, alemães têm mais cautela com refugiados
    Tags:
    migrantes, refugiados, Sauli Niyniste, Oriente Médio, Turquia, Finlândia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik