05:39 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA

    Caças invisíveis dos EUA são detetados na Coreia do Sul

    © AP Photo/ Greg Baker
    Mundo
    URL curta
    4159561431

    Quatro caças norte-americanos F-22 Raptor chegaram à Coreia do Sul e realizaram um voo de demonstração na região da base aérea de Osan, informa a Reuters.

    O envio dos aviões da Força Aérea dos EUA nesta quarta-feira (17) é a resposta aos testes nucleares realizados por parte da Coreia do Norte em janeiro e fevereiro e ao lançamento de um míssil portador com satélite, segundo informou o Ministério da Defesa sul-coreano.

    Cabe lembrar que o Pentágono já havia enviado um bombardeiro estratégico B-25. Para além disso, em 16 de fevereiro, o submarino norte-americano North Carolina (SSN-777) tipo Virginia entrou no porto sul-coreano de Busan.

    Estas ações veem após em janeiro a Coreia do Norte, conforme afirmou, ter realizado com sucesso seu primeiro teste com uma bomba de hidrogênio, o qual, segundo o embaixador brasileiro no país, Roberto Colin, teve como objetivo pressionar Washington a negociar e também mostrar ao mundo que Pyongyang tem todas as condições para se defender em caso de invasão estrangeira.

    O Ministério das Relações Exteriores russo publicou a este respeito um comunicado em que se diz que “tal ação conduz a um agravamento sério da situação na península Coreana e no nordeste da Ásia em geral", fazendo o jogo de quem aposta nas políticas de bloco e na provocação de um confronto militar, causando danos graves à segurança dos Estados da região, principalmente da Coreia do Norte em si".

    A Coreia do Norte anunciou ainda em 2012 o seu programa de longo prazo de lançamento de mísseis que, segundo especialistas, é parte do desenvolvimento de mísseis balísticos.

    Tags:
    base aérea, F-22 Raptor, Pentágono, Coreia do Norte, Coreia do Sul, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik