16:20 16 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0132
    Nos siga no

    O presidente da Ucrânia Pyotr Poroshenko pediu para que Arseniy Yatsenyuk deixasse o cargo de primeiro-ministro do país, informou nesta terça-feira (16) o porta-voz do presidente ucraniano Svyatoslav Tsegolko.

    "Para recuperar a confiança no governo o presidente exortou o procurador-geral e o premiê a se retirar" – escreveu Tsegolko em sua página oficial no Twitter.

    Anteriormente, Poroshenko também havia solicitado a renúncia do Procurador-Geral Viktor Shokina e defendido a reforma total do gabinete dos ministros da Ucrânia. O líder ucraniano ressaltou que, apesar de ter feito muita coisa pelo país, o gabinete havia perdido a confiança da população.

    "Claramente, a sociedade decidiu que houve mais erros do que êxitos e perdeu a confiança nos ministros" – disse Poroshenko.

    Mais cedo, no entanto, o jornal ucraniano Segodnya chegou a informar, citando palavras de um deputado do partido no poder, que o presidente e o primeiro-ministro da Ucrânia haviam tomado a decisão de, por enquanto, não dissolver o governo.

    Mais:

    Aprovação de Poroshenko é pior da de Yanukovich antes da demissão
    Internet ri-se de Poroshenko após escândalo com The Economist
    ‘Cortina de papel entre a Ucrânia e a UE vai cair no próximo ano’ - Poroshenko
    Tags:
    Ucrânia, Arseny Yatsenyuk, Pyotr Poroshenko, renúncia, presidente, primeiro-ministro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar