06:27 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Militantes ucranianos bloqueiam caminhões russos na região de Lvov

    Acabou o trânsito: Rússia barra entrada a mais de 320 caminhões da Ucrânia

    © Sputnik / Stringer
    Mundo
    URL curta
    8191
    Nos siga no

    Mais de 320 caminhões ucranianos foram proibidos de entrar em território russo na manhã desta terça-feira (16), segundo informou o Serviço Federal de Supervisão dos Transportes da Rússia.

    "Até às 10h de 16/02/2016 foram detidos no território da Rússia 324 veículos pertencentes às transportadoras ucranianas", disse o comunicado da agência russa.

    A maioria dos caminhões foi detida nos Distritos Federais Central e Noroeste e não houve casos de desobediência por parte dos motoristas, acrescenta o informe.

    Devido à proibição de trânsito de caminhões russos de carga pesada através da Polônia, em 1º de fevereiro, começou-se a usar ativamente a rota que passa pela região ucraniana da Zacarpátia para levar produtos russos para a Europa, bem como outras rotas próximas na fronteira da Ucrânia com a Hungria ou a Eslováquia.  

    Desde quinta-feira passada (11), porém a organização ultranacionalista ucraniana Setor de Direita (Pravy Sektor), banida na Rússia como grupo extremista, começou a incentivar e impor um bloqueio por tempo indeterminado nesta região da Ucrânia ocidental para evitar a entrada na Europa de caminhões com mercadorias russas, dizendo que a estrada seria barrada até que Kiev reconhecesse oficialmente a Rússia como um “Estado agressor” e banisse o trânsito em medida oficial.

    Outras dez regiões no oeste e no norte do país juntaram-se posteriormente ao bloqueio.

    ​O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, declarou que o governo ucraniano não é capaz de dar ordem a um país em que governam grupos extremistas.

    Em resposta, Moscou interrompeu o trânsito de veículos de carga pesada registrados na Ucrânia e, ontem (15), Kiev decretou a proibição de trânsito para caminhões russos no território do país.

    O Setor de Direita é um movimento que reúne uma série de organizações radicais nacionalistas na Ucrânia. Em janeiro e fevereiro de 2014, em meio aos protestos da Praça Maidan em Kiev, membros do grupo participaram de confrontos com a polícia, bem como da invasão de diversos prédios administrativos do país, e desde abril do ano passado, promovem a repressão à rebelião independentista no sudeste ucraniano, onde a maior parte da população se recusou a reconhecer o governo central pró-Ocidente que subiu ao poder após o golpe de Estado em fevereiro daquele ano.


    Mais:

    Ucrânia quer ajuda da Turquia para reaver Crimeia
    Moscou: Ucrânia mostra despreparo e falta de vontade para cumprir com acordos de Minsk
    Tags:
    mercadorias, ultranacionalista, extremistas, caminhões, entrada, bloqueio, Setor de Direita, Polônia, Europa, Lvov, Zacarpátia, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar