11:31 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko

    União Europeia retira sanções contra presidente da Bielorrússia

    © Sputnik/ Viktor Tolochko
    Mundo
    URL curta
    51243132

    Os ministros das Relações Exteriores dos 28 países da União Europeia, durante uma reunião nesta segunda-feira (15), em Bruxelas, decidiram cancelar as sanções contra o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko.

    Segundo o serviço de imprensa do Conselho da União Europeia, Lukashenko não se encontra entre as quatro pessoas que ainda permanecem sob sanções. 

    “O Conselho da União Europeia acordou que o bloco não vai prorrogar as medidas restritivas em relação a 170 pessoas e 3 empresas, que estão atualmente em vigor. O Conselho também decidiu que o embargo de armas e medidas restritivas contra quatro indivíduos da lista, devido à investigação incompleta sobre o desaparecimento de dois políticos da oposição, empresários e jornalistas, vai ser alargado para doze meses", diz o documento aprovado a ministro das Relações Exteriores aprovado documento da UE.

    Após a denúncia de violações de direitos humanos na Bielorrússia, a União Europeia ampliou, em 2012, as sanções introduzidas em dezembro de 2010, contra o país, em particular restringindo a entrada de funcionários bielorrussos para o território da União Europeia, e estabeleuceu a condição de facilitar a libertação de todos os "presos políticos". 

    Minsk, por sua vez, alegou que não existem presos políticos no país. Após a libertação de um número de prisioneiros e a realização de eleições presidenciais no país, a UE decidiu abrandar consideravelmente o regime de sanções, ao mesmo tempo em que estendeu as sanções em quatro meses a quatro pessoas, consideradas pela União Europeia responsáveis pelo desaparecimento de pessoas.

    Mais:

    União Europeia vai levantar sanções contra a Bielorrússia
    Bielorrússia fecha embaixada em Israel
    Bielorrússia pretende participar de projetos dos BRICS
    Bielorrússia não vai desistir da família tradicional sob influência do Ocidente
    Presidente da Bielorrússia prevê nova guerra mundial
    Lukashenko diz que 'nem um rato' cruzará a fronteira da Ucrânia com a Bielorrússia
    Tags:
    lista, presos políticos, sanções, União Europeia, Bielorrússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik