23:58 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Navios de guerra da Marinha do Irã

    Rússia pode ajudar Irã a modernizar marinha, diz especialista

    © AP Photo / Agência de Notícias Fars, Mahdi Marizad
    Mundo
    URL curta
    22525
    Nos siga no

    Em 15-16 de fevereiro, o ministro da Defesa do Irã, general de brigada Hosein Dehghan chegará à Rússia. O serviço de imprensa da embaixada iraniana em Moscou disse à Sputnik que Dehghan encontrar-se-á com o vice-premiê russo, Dmitry Rogozin, e com o assessor do presidente russo para assuntos da cooperação técnico-militar, Vladimir Kozhin.

    Presidente Vladimir Putin da Rússia (R) se reúne com presidente do Irã, Hassan Rohani, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, 28 de setembro de 2015
    © REUTERS / Mikhail Klimentyev/Kremlin
    A agenda das negociações na quadro da visita oficial não foi revelada ao público, mas o redator-chefe da revista Iran Press, Emad Abshenass tem certeza que o ministro da Defesa da República Islâmica do Irã trouxe propostas concretas sobre ampliação da pareceria técnico-militar com a Rússia. Na agenda está não só a questão de realização concreta do contrato de fornecimento dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300, mas um leque de outros assuntos:

    "Assim, após o início da realização do plano universal conjunto de ações e libertação das sanções o Irã pretende modernizar a sua marinha. Aqui o Irã veja a Rússia um parceiro estratégico por muitos anos. Teerã já manifestou interesse em compra de complexos automáticos navais de defesa antiaérea e antimíssil. Os submarinos iranianos precisam ser modernizados. É possível resolver este assunto através de compra de armas modernas. A Rússia tem o que oferecer", disse.

    Mas não há só isso:

    "O Irã tem interesse em comprar modelos modernos de caças russos Su-30 e Su-35… Talvez vá ser discutida a questão de compras de armas terrestres – tanques T-90 e T-95", explicou Abshenass adicionando que as perspectivas de compra de complexos antiaéreos mais modernos S-400.

    "É possível pressupor que no resultado será assinada uma série de contratos", concluiu o especialista.

    Tags:
    exército, armas, Marinha, comércio, Su-35, T-90, S-400, S-300, Su-30, Vladimir Kozhin, Hossein Dehghan, Dmitry Rogozin, Irã, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar