19:04 05 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Campanha militar antiterrorista na Síria (132)
    31115
    Nos siga no

    O primeiro-ministro da França, Manuel Valls, considera necessária uma ofensiva terrestre na Síria para derrotar o Daesh – autodenominado Estado Islâmico -, segundo declarou em uma entrevista publicada nesta sexta-feira (12) pelo jornal alemão Funke.

    "As operações militares no Iraque e na Síria estão sendo efetuadas atualmente por uma coalizão de vários países, que treinam tropas locais e as assessoram. Uma ofensiva terrestre dessas tropas locais, e também de certos países árabes, se quiserem, é decisiva [contra o Daesh], mesmo que apenas para manter as áreas reconquistadas", disse Valls.

    O governo francês enviou aviões de guerra para a Síria no final de 2015, sob o pretexto de atacar as posições do Daesh devido à ameaça representada pelo grupo terrorista no país após os atentados em Paris.

    Enquanto isso, a Arábia Saudita levantou a ideia de enviar tropas terrestres para a Síria como parte da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

    Dadas as intenções da França e da Arábia Saudita, o primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, advertiu na Conferência de Segurança de Munique que o envio de tropas terrestres estrangeiras para a Síria poderia levar a "uma nova guerra no mundo".

    "As ofensivas terrestres conduzem, no geral, a que uma guerra se torne permanente", disse ele em uma entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal Handelsblatt. "Todas as partes devem estar obrigadas a sentar-se à mesa de negociações, em vez de provocar uma nova guerra mundial", acrescentou Medvedev.

    EUA e Rússia concordaram na noite de quinta-feira (11) em estabelecer um cessar-fogo na Síria dentro de uma semana (sem deixar de atacar as posições do Daesh), a fim de reativar o processo de paz e deter o deslocamento de milhares de cidadãos no país.

    Tema:
    Campanha militar antiterrorista na Síria (132)

    Mais:

    Ministro da França revela a ‘indústria de passaportes falsos’ do Daesh
    Daesh usou armas químicas e pode produzir gás mostarda, diz CIA
    Tags:
    guerra mundial, tropas terrestres, ofensiva terrestre, coalizão, cessar-fogo, guerra, Daesh, Estado Islâmico, Manuel Valls, Dmitry Medvedev, Arábia Saudita, Síria, EUA, França, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar