07:07 26 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    20422
    Nos siga no

    O Cairo não concorda e nunca concordará com uma possível partilha da Síria, garantiu nesta sexta-feira o embaixador do Egito na Rússia, Mohammed Badri.

    "Nós não aceitamos, nós não vamos aceitar e nunca iremos concordar com a divisão da Síria. Nós defendemos o estabelecimento de um governo interino, cujo futuro deverá ser definido pela nação síria", disse Badri durante participação em uma mesa-redonda na sede da agência Rossiya Segodnya, em Moscou.

    Segundo o embaixador, o Egito apoia tanto a luta contra o terrorismo como o respeito às instituições políticas da Síria. 

    Em conflito civil desde 2011, o Estado da Síria perdeu parte do seu território para diferentes grupos rebeldes. Mas, graças à ajuda oferecida pela aviação russa, que realiza bombardeios contra posições terroristas no país desde setembro passado, Damasco já conseguiu retomar o controle de diversas áreas.

    Após vários dias de discussão sobre uma possível ofensiva internacional terrestre, representantes do Grupo Internacional de Apoio à Síria chegaram a um acordo na madrugada desta sexta-feira para cessar as hostilidades no país dentro de uma semana, mantendo apenas a luta contra o Daesh e a Frente al-Nusra. 

    Mais:

    França defende ofensiva terrestre na Síria
    Oposição síria pede fim dos ataques aéreos russos como condição para cessar-fogo
    Grandes potências entram em acordo sobre cessar-fogo na Síria
    Medvedev adverte que invasão à Síria pode provocar guerra no mundo
    Tags:
    Rossiya Segodnya, Frente al-Nusra, Daesh, Grupo Internacional de Apoio à Síria (ISSG), Mohammed Badri, Alemanha, Damasco, Cairo, Moscou, Egito, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar