03:01 25 Junho 2019
Ouvir Rádio
    A firefighter shows Aedes aegypti mosquito larvae in the neighborhood of Curicica, in Rio de Janeiro, Thursday, March 27, 2008.

    OMS: ensaios para vacinas do Zika estarão prontos em pelo menos 18 meses

    © AP Photo / Ricardo Moraes
    Mundo
    URL curta
    Zika Vírus: Alerta global (77)
    202

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou nesta sexta-feira (12) que uma vacina para o vírus Zika só poderá estar disponível para ensaios clínicos nos próximos 18 meses.

    “Apesar do cenário encorajador, as vacinas vão demorar pelo menos 18 meses para poderem estar prontas para um ensaio clínico em larga escala”, disse vice-diretora da OMS, Marie-Paule Kieny.

    Ela declarou também que 15 laboratórios estão trabalhando no desenvolvimento de uma vacina para o Zika e que os esforços de pesquisa e desenvolvimento no combate à doença estão "caminhando muito rápido".

    Ainda de acordo com a vice-diretora da OMS, dez empresas do mundo já estão fornecendo testes de diagnósticos genéticos ou de anticorpos para o zika, sem especificar qual tipo de exame está mais difundido. Outras dez empresas desenvolvem produtos comerciais.

    No começo de fevereiro, a Organização Mundial da Saúde levantou a suspeita de que o recente aumento de casos de microcefalia em recém-nascidos no Brasil tem relação com o vírus Zika, o que fez a organização declarar emergência internacional. No entanto, a relação entre os casos de microcefalia e o vírus Zika ainda não foi comprovada cientificamente. 

    Tema:
    Zika Vírus: Alerta global (77)

    Mais:

    Brasil abre várias frentes na guerra contra o zika vírus
    Brasil fecha acordo com Universidade do Texas para desenvolver vacina contra o zika
    Cruz Vermelha Brasileira vai iniciar campanha nacional contra zika vírus
    Faltam 6 meses para os Jogos do Rio 2016: O zika vírus ameaça as Olimpíadas?
    Alerta: zika vírus é encontrado de forma ativa na urina e na saliva
    Tags:
    microcefalia, zika, vacina, epidemia, dengue, OMS, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar