00:41 21 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia

    Erdogan ameaçou União Europeia de abrir fronteiras para refugiados

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Mundo
    URL curta
    733

    O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, declarou que o seu país pode abrir as fronteiras com os países da União Europeia (UE) para os refugiados.

    Anteriormente, mídias gregas informaram que, em 14 de novembro de 2015, durante o encontro de com o chefe do Conselho Europeu Donald Tusk e o presidente da Comissão Europeia Jean-Claude Juncker, Erdogan havia exigido da UE 30 bilhões de euros para solucionar o problema dos refugiados, ameaçando, caso contrário, enviá-los para a Europa.

    "Alguém publicou o conteúdo das negociações [com Juncker e Tusk], numa tentativa de nos acusar. Ali, nós decisivamente defendíamos os direitos dos refugiados sírio e queríamos que a UE cumprisse as suas obrigações. Nós não temos vergonha disso. Antes, nós colocávamos os refugiados em ônibus, em Edirne [na fronteira com a Grécia], e os mandávamos de volta. Isso pode ser feito uma ou duas vezes, mas depois nós abriremos a fronteira e desejarem boa sorte a eles" – declarou Erdogan ao discursar nesta quinta-feira (11), em Ancara, durante uma reunião de associação de jovens empresários.

    Os países da UE aprovaram o financiamento de um fundo para apoiar os refugiados no território da Turquia. Espera-se que Ancara receba 3 bilhões de euros, o levantamento de vistos com a UE e tenha o processo de negociações pela sua adesão à UE acelerado. Em troca, a Turquia reduzirá o fluxo de migrante para a UE, garantindo melhores condições para a sua permanência em território turco.

    A Turquia já recebeu 2,7 milhões de refugiados sírios, enquanto a UE recebeu quase 2 milhões.

    Mais:

    Erdogan acusa Rússia de assassinatos em massa e de querer invadir a Síria
    Visita de Erdogan à América Latina: economia ou ambições políticas?
    Moscou espera que Turquia puna culpados pelo abatimento do Su-24 e peça desculpas
    Tags:
    refugiados, fronteiras, ameaça, Recep Tayyip Erdogan, União Europeia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik