23:00 22 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da Coreia do Norte nas ruas de Pyongyang. 11 de abril, 2012

    Japão proíbe entrada a cidadãos e navios vindos da Coreia do Norte

    © AFP 2018 / PEDRO UGARTE
    Mundo
    URL curta
    Crise nuclear das Coreias (56)
    1337

    Tóquio anunciou nesta quinta-feira (11) novas sanções contra Pyongyang, que incluem a proibição total de receber carregamentos de navios de quaisquer nações que estejam vindo da Coreia do Norte, bem como a proibição de entrada, no Japão, de cidadãos norte-coreanos.

    A medida reforça a condenação do Conselho de Segurança da ONU em relação ao lançamento de um míssil norte-coreano no último domingo (7). Segundo Pyongyang, a operação se resumiu ao lançamento de um foguete para colocar um satélite de observação em órbita. 

    A comunidade internacional suspeita que o país governado por Kim Jong-um esteja trabalhando em um programa de mísseis balísticos. 

    Na quarta-feira (10), em resposta às ações de seu vizinho do norte, a Coreia do Sul decidiu suspender todas as operações no parque industrial de Kaesong, na Coreia do Norte, onde os dois países compartilhavam a administração.

    Hoje (11), as autoridades norte-coreanas anunciaram que vão deportar todos os trabalhadores sul-coreanos do parque industrial. 

    Tema:
    Crise nuclear das Coreias (56)

    Mais:

    'Não se pode permitir isolamento completo da Coreia do Norte sob disfarce de sanções'
    Moscou passou tecnologia de mísseis à Coreia do Norte? Absurdo!
    Rússia pede que novas sanções não levem Coreia do Norte ao colapso
    Tags:
    sanções, foguete, lançamento, míssil, Conselho de Segurança da ONU, Kaesong, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik