05:44 19 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Candidato republicano à presidência norte-americana, Donald Trump

    Donald Trump diz que apoia operação da Rússia na Síria

    © AP Photo/ John Raoux
    Mundo
    URL curta
    35472

    O candidato à presidência dos EUA, Donald Trump, manifestou apoio à operação russa na Síria. A declaração foi durante uma entrevista ao canal televisivo CBS.

    “Eu gosto do fato de que a Rússia combate o ‘Estado Islâmico’. E, particularmente considero que eles precisam realizar mais e mais ataques contra o Estado Islâmico”, disse Trump. 

    Ele acrescentou que não considera que a saída de Bashar Assad uma condição necessária para a resolução do conflito sírio.

    “Suponhamos que vamos nos livrar de Assad, nos livrar de seu governo – quem vai ocupar seu lugar? Aquelas pessoas que nós apoiamos? Então receberemos uma outra Líbia”, disse o candidato republicano, chamando a atenção para o que aconteceu na Líbia após a deposição e da morte do líder Muammar Gaddafi. 

    A Líbia foi um dos países mais atingidos por uma série de revoluções no mundo árabe, conhecida como a "Primavera Árabe". Após o assassinato de Gaddafi, o país caiu em uma grave crise que continua perdurando.

    Trump também criticou o governo dos Estados Unidos pela derrubada do presidente iraquiano Saddam Hussein depois da invasão norte-americana do país em 2003.

    “Se nós não tivéssemos feito nada na ocasião, se nossos políticos simplesmente tivessem ido para a praia e ficassem ao sol, nós estaríamos em uma situação melhor do que agora. Saddam Hussein não era um personagem positivo, mas matava terroristas”, disse Tump. 

    Mais:

    Trump tem certeza do apoio dos eleitores mesmo se ‘atirar em alguém’
    Trump: EUA precisam de um líder capaz de se relacionar com a Rússia, a China e o Japão
    Vídeo eleitoral de Trump mostra veteranos russos
    Dupla dinâmica: Sarah Palin manifesta apoio a Donald Trump
    Donald Trump ameaçou retirar investimentos da Escócia se não puder entrar no Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik