14:29 01 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Aviação russa combate terrorismo na Síria (111)
    73857
    Nos siga no

    A Rússia está demonstrando capacidades militares significativas em suas operações na Síria, segundo informou o diretor da Agência de Inteligência de Defesa dos Estados Unidos, tenente-general Vincent Stewart, durante uma audiência nesta terça-feira (9) com o Comitê de Serviços Armados do Senado norte-americano.

    "Estamos vendo a Rússia demonstrar tremendas capacidades (…) na Síria", disse o oficial, acrescentando que “muita tecnologia de armas foi exibida" pelos russos.

    Em 30 de setembro, a Rússia lançou uma campanha aérea contra os grupos terroristas na Síria na sequência de um pedido feito pelo presidente sírio Bashar Assad. As autoridades russas têm enfatizado que a operação militar vai continuar enquanto as Forças Armadas sírias mantiverem sua ofensiva para liberar as regiões do país controladas por grupos extremistas.

    Recentemente, a Rússia enviou caças Su-35 para a base aérea de Hmeyimim, na província síria de Latakia. Trata-se de um avião de combate multifunções que será usado como escolta para a aviação russa na Síria, bem como para ataques contra alvos na superfície e no subterrâneo.

    Desde 2011, a Síria enfrenta uma terrível guerra civil entre as forças governamentais e numerosos grupos de oposição armados e organizações terroristas, entre elas o Daesh – autodenominado Estado Islâmico – e a Frente al-Nusra.

    Tema:
    Aviação russa combate terrorismo na Síria (111)

    Mais:

    Novos jatos russos Su-35 permanecerão em alerta 24/7 na base de Hmeymim
    Rússia pretende testar na Síria novo caça Su-35S
    Tudo que você queria saber do avião de combate russo Su-25
    Tags:
    Rússia, Síria, EUA, Hmeymim, Vincent Stewart, Bashar Assad, Agência de Inteligência de Defesa dos EUA, Senado, Daesh, Estado Islâmico, Frente al-Nusra, Su-35, aviação russa, tecnologia, capacidade militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar