09:16 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente do Haiti, Michel Martelly, prepara-se para entregar a sua faixa presdiencial ao presidente da Assambleia Nacioanl do Haiti, Jocelerme Privert, durante a cerimônia no parlamento do país, 7 de fevereiro de 2016

    Presidente resigna ao cargo, e Haiti tem dois meses para procurar sucessor

    © AFP 2017/ HECTOR RETAMAL
    Mundo
    URL curta
    1 0 0

    O presidente do Haiti, Michel Martelly, renunciou no domingo (7), deixando o país sem sucessor, sendo as eleições presidenciais adiadas já algumas vezes devido a protestos e razões relacionadas à segurança, informa a AP.

    No seu discurso perante o parlamento do país, Martelly disse que “lamenta que as presidenciais fossem adiadas”.

    No sábado (6), o presidente do Haiti e o parlamento do país tinham concordado criar um governo interino; Espera-se que nos próximos dias o parlamento elege um presidente interino que ficará no cargo até que o novo presidente assuma o posto. Também os parlamentares designarão um novo primeiro-ministro do país. O segundo turno das presidenciais é marcado para 24 de abril. O novo presidente deve chegar ao cargo em 14 de maio.

    O primeiro-ministro atual, Evans Paul, ficará no cargo até que seja eleito um novo premiê.

    O primeiro turno de presidenciais no Haiti foi realizado em 26 de outubro. Martelly não participou nas eleições. No dia de presidenciais foram registradas algumas violações, 70 pessoas foram detidas.

    O segundo turno foi adiado várias vezes. Foram marcadas para 27 de dezembro, 17 e 24 de janeiro mas o dia de votação foi adiado novamente.

    Tags:
    cargo, primeiro-ministro, poder, presidente, eleições, Haiti
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik