00:01 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    001
    Nos siga no

    Mais de cem pessoas foram obrigadas a deixar às pressas um voo da Saudi Arabian Airlines nesta quinta-feira, em Madri, na Espanha, por conta de uma ameaça de ataque a bomba.

    O incidente, em Barajas, foi provocado por um bilhete deixado no interior da aeronave, o qual dava a entender, segundo a tripulação, que haveria uma explosão às 11h30. Mas, após levar o avião para uma área isolada do aeroporto para inspeção, as equipes de segurança não encontraram nenhum tipo de explosivo. 

    O voo tinha como destino a cidade de Riad, capital da Arábia Saudita, e, 112 pessoas estavam a bordo, sendo 97 passageiros e 15 tripulantes.

    Depois de garantir que tudo não passou de um falso alarme, as autoridades decidiram não suspender as atividades no aeroporto de Barajas.

    "A informação que nós temos da Guarda Civil é a de que foi um alerta falso", disse uma porta-voz da Aeropuertos Españoles y Navegación Aérea (AENA), empresa que administra o espaço. 

    Mais:

    Avião turco faz pouso de emergência após ameaça de bomba
    Avião com destino a Paris pousa por suspeita de bomba a bordo
    Palestinos são expulsos de avião a pedido de israelenses
    Tags:
    Espanha, Arábia Saudita, Madrid, Riad, Barajas, AENA, Saudi Arabian Airlines, avião, bomba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar