09:51 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Rublo russo

    Banco Central adia crescimento da economia na Rússia

    © Fotolia/ Alexey Belikov
    Mundo
    URL curta
    982571

    O Banco Central da Rússia acredita que a economia do país poderá retomar seus indicadores positivos não antes do segundo semestre de 2016.

    A previsão foi publicada nesta quarta-feira (3) em um breve relatório emitido pelo departamento de pequisas e prognósticos do Banco Central da Rússia.

    "Os futuros indicadores russos da atividade de negócios pioraram em meio a queda dos preços do petróleo e a baixa do rublo; a retomada do crescimento econômico é adiada pelo menos até o segundo semestre de 2016" – diz o documento.

    A queda global dos preços do petróleo – cuja receita de exportação constitui uma das maiores fontes do orçamento russo – está dificultando a situação econômica da Rússia e fazendo com que o Kremlin busque meios para retomar o crescimento, considerando, inclusive, retomar o processo de privatização no país.

    Apesar da crise, muitos analistas descartam a perspectiva de um hipotético colapso da economia russa. Nesse sentido, eles destacam, inclusive o importante papel do Banco Central do país no processo dessa estabilização.

    Em 2014, o Banco Central russo tomou a decisão de não interferir no mercado cambial e não regular o rublo. Ao mesmo tempo, a instituição financeira russa continua tomando medidas para garantir a liquidez dos bancos e a sua consolidação, permitindo assim que o sistema financeiro continue flexível.

    Tags:
    crescimento, economia, Banco Central da Rússia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik