17:43 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Militares sírios na província de Aleppo

    ONU: ofensiva em Aleppo causou deslocamentos e mortes de civis

    © AFP 2017/ GEORGES OURFALIAN
    Mundo
    URL curta
    Campanha militar antiterrorista na Síria (132)
    11780191

    A ofensiva do Exército da Síria em torno da cidade de Aleppo, no norte do país, com o apoio de forças aliadas, provocou uma série de remoções de famílias e a morte de três ativistas humanitários, segundo afirmou a Organização das Nações Unidas nesta quarta-feira.

    Exército sírio ataca Daesh na província de Aleppo, em 24 de janeiro 2016
    © AFP 2017/ GEORGE OURFALIAN
    "A ONU recebeu relatos de deslocamento de centenas de famílias nas cidades de Bayanoun, Hariyatan, Anadan, Hayan e Rityan, na Síria, em decorrência da frequência sem precedentes de ataques aéreos nos últimos dois dias", informou a organização através de um comunicado divulgado pela Reuters.

    Mais cedo, as Forças Armadas da Síria, apoiadas por milícias populares, conseguiram quebrar o cerco de quatro anos em torno das cidades de Nubl e Zahraa (norte de Aleppo), depois de cortar as principais vias de abastecimento dos terroristas na região. 

    Tema:
    Campanha militar antiterrorista na Síria (132)
    Tags:
    ONU, Reuters, Zahraa, Nubl, Rityan, Anadan, Hariyatan, Bayanoun, Hayan, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik