06:02 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Membros da Brigada do Hezbollah no Iraque, onde o grupo libanês participa das operações para deter o avanço do Estado Islâmico

    Israel tenta persuadir Rússia para não enviar armas ao Hezbollah

    © AFP 2017/ HAIDAR HAMDANI
    Mundo
    URL curta
    293273125

    É possível um acordo entre a Rússia e Israel na próxima segunda-feira (8) segundo o qual Moscou não irá fornecer armas ao grupo xiita Hezbollah, disse o embaixador israelense na Rússia Zvi Heifetz nesta quarta-feira (3).

    Mais cedo nesta semana o jornal israelense Haaretz relatou que a Rússia tinha assegurado as autoridades israelenses que não forneceria armamentos ao grupo libanês, considerado uma organização terrorista.

    “Acho que tais acordos são uma coisa normal. Quando acreditamos que o Hezbollah representa uma ameaça terrorista aos residentes de Israel, assumimos que um país amigável não fornecerá armas para eles, armas essas que podem ameaçar os nossos cidadãos”, disse Heifetz à RIA Novosti.

    Segundo o embaixador, o acordo formal ainda deve ser negociado.

    “Se eles [os acordos] ainda não existem, podem ser alcançados. Existe uma linha telefónica especial entre o primeiro-ministro [israelense] e o presidente [russo], não acho que seja um problema”, disse.

    Tags:
    terrorismo, armas, embaixador, Hezbollah, Líbano, Rússia, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik