00:14 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Veículo blindado na província de Cabul, Afeganistão

    Falta de segurança resulta em falta de luz

    © AFP 2017/ JOEL SAGET
    Mundo
    URL curta
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    267941

    No norte do Afeganistão os militantes do Talibã cortaram os cabos de transmissão de energia elétrica que têm início do Uzbequistão. Em resultado, as províncias setentrionais ficaram sem energia elétrica, alguns bairros de Cabul também permanecem sem luz.

    A corporação nacional de energia De Afghanistan Breshna Sherkat informou que os talibãs já destruíram completamente uma das linhas elétricas e pretendem destruir outra.

    O porta-voz do Ministério da Energia e Água do Afeganistão, Abdoulbasid Abdi, disse à Sputnik que os cerca de 5 milhões de pessoas representam uma sexta parte de toda a população do país.

    “O problema é a falta do nível adequado de segurança que possa assegurar o normal funcionamento da infraestrutura do país. Se não for assegurada a segurança nas regiões onde ficam as principais linhas de eletricidade, nem nós, nem a corporação energética Afghanistan Breshna Sherkat poderemos alterar a situação”, disse Abdi.

    O ministro afirmou que, se a corporação quiser restaurar as linhas destruídas pelos talibãs pode perder os seus funcionários porque é provável que a área esteja minada. Além disso, depois de serem restauradas, as linhas podem ser cortadas uma vez mais.

    Tendo em conta a pressão pública, o Ministério da Defesa do Afeganistão declarou que está prestes a garantir a segurança nas regiões por onde passam as linhas de eletricidade no norte do país. Entretanto, ainda não está claro quando estas medidas serão tomadas.

    Há que lembrar que, na Ucrânia, no fim de novembro do ano passado, um grupo de extremistas ucranianos destruiu também várias torres de transmissão elétrica. Em resultado disso a Crimeia, que importa eletricidade da Ucrânia, foi deixada completamente sem energia, assim como certas áreas do território ucraniano. O problema começou a ser resolvido em 2 de dezembro, quando Vladimir Putin foi pessoalmente à península e inaugurou a primeira linha da "ponte energética", através do estreito de Kerch, que separa a península da região russa de Krasnodar.

    Tema:
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    Tags:
    eletricidade, energia, terrorismo, segurança, Talibã, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik