13:03 15 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Vista de Teerã, capital do Irã

    Virada nova página na história EUA-Irã. E agora?

    © AFP 2019 / BEHROUZ MEHRI
    Mundo
    URL curta
    Irã fica sem sanções (28)
    7103
    Nos siga no

    A implementação do acordo nuclear iraniano marcou o início de uma nova época no Irã, país que esteve por muito tempo em confrontação com os EUA.

    O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei considerou a celebração e a implementação do acordo como o evento mais significativo para o seu país. E ele não é único que pensa assim.

    O site analítico What They Say About USA escreve em uma recente matéria que o acordo nuclear iraniano tem um enorme significado histórico. Segundo a publicação, vários analistas sublinham – mesmo tendo em conta que o documento não resolverá todas as diferenças entre Washington e Teerã, – que este é o evento mais marcante na carreira do presidente norte-americano Barack Obama, ocorrido nos finais do seu segundo mandato.

    Segundo analistas, o resultado do acordo terá influência no mundo inteiro, mas em particular, na situação no Oriente Médio, claro.

    ​Tendo em conta que a situação nesta região do mundo é agravada por vários conflitos e guerras, o consenso atingido prevê o entendimento entre os EUA e o Irã. Isso, segundo o artigo, não significa que as diferenças ideológicas sejam eliminadas. Neste caso, as ideologias foram postas de lado a favor de interesses comuns entre os dois países, que se controlaram um ao outro por muito tempo em várias esferas e territórios, inclusive no Oriente Médio, Ásia e América Latina.

    Mas agora, pela primeira vez em 35 anos, o Irã tem uma imagem diferente no mundo, sublinha a edição online. A República Islâmica será vista como menos militarizada e, ao mesmo tempo, continuará como um dos países mais fortes na região, exercendo influência nas politicas internacionais, na economia e em questões culturais.

    Enquanto isso, Obama vê, de acordo com especialistas, o entendimento atingido na questão iraniana como um sucesso na sua política externa. Ele mesmo decidiu começar o seu último ano de presidência lembrando esta conquista histórica (talvez isso tenha sido feito para evitar críticas do Congresso).

    O artigo sublinhou também que é importante notar que o Irã, por sua vez, fez muito para atingir o acordo. Pode ser que esta conquista seja ainda mais importante para o Irã do que outras recentes na frente internacional, inclusive na Síria, Iraque, Líbano e Iêmen. 

    Uma nova época na história acaba de começar, mas, infelizmente, os árabes não estão nesta altura na melhor situação.

    Tema:
    Irã fica sem sanções (28)
    Tags:
    acordo nuclear, Aiatolá Ali Khamenei, Barack Obama, Teerã, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar